Radiesse: tudo o que precisa saber

Um dos tratamentos cada vez mais procurados no consultório estético é o Radiesse.

Para esclarecer todas as vossas dúvidas, deixo-vos as respostas às perguntas mais frequentes!

O que é o Radiesse?

O Radiesse é um preenchedor facial que contém microesferas de Hidroxilapatite de Cálcio. Esta substância já está naturalmente presente no nosso organismo e daí a excelente compatibilidade biológica.

Quais as indicações para a utilização do Radiesse?

Dependendo das necessidades e da técnica de aplicação escolhida, o Radiesse pode ser usado para:

1. Volumizar e preencher

Utilizado como um preenchedor, pode ser usado para corrigir rugas e sulcos bem como para projetar e definir contornos faciais.

2. Efeito lifting não cirúrgico

A aplicação de Radiesse em zonas chave permite devolver sustentação aos tecidos com falta de suporte.

3. Estimulação de colagénio

Utilizado num protocolo de hiperdiluição, o Radiesse pode ser aplicado na derme. Esta técnica não altera o volume da face, mas vai estimular a produção de colagénio.

Quais as zonas da face onde pode ser usado?

Podemos utilizar Radiesse em quase toda a face. Ficam alguns exemplos.

Zonas com ótima indicação para este tratamento incluem a região malar e zigomática (bochecha).

A região do contorno mandibular é uma das indicações mais frequentes em que os resultados são, geralmente, excelentes.

Na zona da papada e pescoço é comum a utilização hiperdiluída para melhoria da qualidade da pele.

E quais as zonas não recomendáveis?

O Radiesse está contra indicado nos lábios. Na região próxima à olheira, por exemplo, teria que ser usado com um protocolo específico e com muita cautela.

Qual a idade ideal para recorrer ao Radiesse?

Não há uma idade ideal.

Uma das indicações mais comuns é o embelezamento, que pode passar por melhorar a reflexão de luz do contorno facial ou até corrigir a posição de um queixo muito recuado, através da sua projeção. Este tipo de indicações são transversais a qualquer idade.

Quando falamos na utilização do Radiesse como tratamento anti-aging, é geralmente nas faixas etárias dos 30 e 40 que a maioria das paciente inicia este tratamento. É nestas faixas etárias que começa a ser mais sentida e até a ser visível a perda de sustentação facial e perda de firmeza.

Também não existe propriamente um limite máximo de idade. No entanto, as expetativas em relação à capacidade de resposta através da produção de colagénio tem dee ser gerida de forma adequada. Certamente, uma paciente com 80 anos de idade terá uma resposta distinta de uma paciente com 60 ou 30.

Que efeitos colaterais são expectáveis?

De um modo geral é um tratamento com uma recuperação tranquila e que não exige afastamento social.

Um edema discreto que se resolve em 2 a 3 dias é comum. Como usamos agulhas e/ou cânulas podem surgir hematomas ou equimoses, que são minimizadas ao usarmos técnicas de tratamento pouco agressivas.

Estão descritas complicações relativamente menos frequentes com resolução mais demorada e complexa, como por exemplo a formação de granulomas. A técnica usada também interfere diretamente no risco para determinados efeitos secundários.

Recomendo questionar sempre o seu injetor sobre os possíveis riscos.

Que cuidados devo ter após o tratamento com Radiesse?

Após todos os tratamentos com injetáveis deve manter as zonas tratadas limpas e sem maquilhagem, pelo menos durante o dia em que realizou o tratamento.

Usualmente, a massagem vigorosa também está desaconselhada.

Deve evitar o exercício físico nas 48 horas pós tratamento, assim como a exposição solar direta e o calor intenso.

É doloroso?

No nosso consultório fazemos uma aplicação prévia de anestésico tópico. Também procuramos sempre usar as técnicas menos traumáticas, sem prejuízo dos resultados.

De um modo geral é um tratamento muito bem tolerado.

Quanto tempo duram os resultados?

O Radiesse oferece resultados naturais, progressivos e duradouros que podem chegar aos 12 meses.

Vou sentir o Radiesse debaixo da pele?

Durante as primeiras 2 ou 3 semanas pós-tratamento poderá sentir o Radiesse por palpação. No entanto, ele não será visível. Com o evoluir dos dias, este preenchedor será integrado pelos tecidos e vai deixar de o sentir

O que é melhor: Ácido Hialurónico ou Radiesse?

Cada produto é único e tem o seu lugar próprio. Um não substitui o outro. Por exemplo, é muito frequente numa abordagem Full Face a indicação de ambos os produtos no mesmo paciente.

O Radiesse possui assim características únicas sendo usado para a redensificação e melhoria da firmeza da pele, através da estimulação da produção de colágeno e elastina, e para devolver ou até melhorar os contorno faciais.

É um tratamento fantástico!

Até breve!

Partilhar