MD Codes, já ouviu falar?

O MD Codes é um protocolo de preenchimento facial com ácido hialurónico desenvolvido pelo cirurgião brasileiro Maurício de Maio.

Este método surgiu a partir do 8 point lift, uma técnica de preenchimento facial desenvolvida como uma alternativa não cirúrgica para um efeito lifting através de oito pontos de injeção, em locais estratégicos da face. O MD Codes tem vindo a desenvolver-se cada vez mais e tornou-se um procedimento com vantagens para paciente e injetor muito além do efeito lifting.

As indicações vão desde o anti-aging, mas estão cada vez mais orientadas para a otimização da beleza individual da face. Naturalmente, como todos os procedimentos em estética facial, os resultados estão também dependentes da perícia e sentido artístico e estético de cada injetor.

Uma das grandes vantagens é a previsibilidade, permitindo um estudo e tratamento global da face para um resultado harmonioso.

Este procedimento requer, no entanto, que o injetor tenha recebido treino específico nesta técnica. Foi desenvolvido com e para ácidos hialurónicos Juvderm e, atualmente, estão a ser utilizados quase exclusivamente os da gama Vycross, a linha mais sofisticada desta gama.

O que é fazer um plano de tratamento MD Codes?

O seu injetor fará uma avaliação de vários aspetos da sua face: estrutura óssea, forma, sinais de envelhecimento, atributos emocionais, pontos de luz, qualidade da pele e muitos mais.

No final desta avaliação fará um mapeamento detalhado das regiões que devem ser tratadas, o tipo de produto usado e também a quantidade. Todos estes dados farão parte do seu plano de tratamento MD Codes (abreviatura para Medical Codes).

Quais os principais benefícios?

Muito para além do anti-aging, o MD Codes é cada vez mais indicado no embelezamento (beautification) estrutural da face, da comunicação da beleza emocional, correção e melhoria de estruturas-chave, como por exemplo a projeção do mento e malar.

O mapeamento da face é importante?

Em primeiro lugar, relembrar que este deve ser sempre realizado por um profissional devidamente treinado.

O protocolo deve ser iniciado com a realização do mapeamento facial, que vai estudar as métricas e proporções que vão determinar as características individuais do perfil. Esta análise vai identificar que aspetos do rosto podem causar desproporções em determinadas zonas. Para isso, são analisados inúmeros fatores (feições, protuberâncias ósseas, personalidade, formato do rosto, etc.) que identificam o tipo de envelhecimento e as características faciais do paciente que, por sua vez, determinam a aplicação do ácido hialurónico em pontos-chave responsáveis pela sustentação, melhorando o contorno facial, visando assim um resultado natural e global da face.

As zonas onde o tratamento pode ser realizado depende muito do resultado do mapeamento, mas os pontos mais comuns pela influência que têm na jovialidade e aparência do rosto são:

  • Queixo;
  • Bochechas;
  • Abaixo dos olhos;
  • Bigode chinês;
  • Lábios;
  • Maçã do rosto.

O mapeamento é determinante para quem procura resultados previsíveis. Como na maioria das vezes falamos de uma abordagem global da face, tem a vantagem de permitir o planeamento de tratamentos a longo prazo para uma beleza cada vez mais requintada.

Quando serão visiveis os resultados?

Os resultados são visíveis imediatamente ao tratamento. Durante 2 a 3 dias pode persistir um edema ligeiro. Ao longo dos dias seguintes, o ácido hialurónico aplicado começa a integrar-se nos tecidos e o resultado evolui discretamente para uma aparência mais harmoniosa.

O que é o tratamento dos atributos emocionais da face?

A beleza passa também pelas emoções que comunicamos. Um aspeto cansado ou zangado são percebidos como características negativas.

Um ar cansado está frequentemente ligado a olheiras e um ar zangado pode estar associado a cantos da boca deprimidos e um mento comprimido. Todos estes aspetos podem ser melhorados com MD Codes.

Posso fazer o MD Codes em apenas uma região da face?

Pode sim. Se apenas necessitar ou desejar o tratamento de uma região.

Posso fazer o procedimento em etapas?

Sim. Em procedimentos globais da face que envolvem tratamentos com mais do que uma ampola e várias regiões da face, é comum planear o tratamento em 2 ou 3 etapas.

Esta abordagem tem muitas vantagens: mudanças subtis mas progressivas para quem procura delicadeza, otimização dos resultados, pois iniciamos os tratamentos por tratamentos estruturais e avançamos no final para o refinamento. Além disso, o tempo de recuperação pós-tratamentos também é diminuído.

Quanto tempo dura?

O procedimento tem uma durabilidade estimada entre 12 a 24 meses, dependendo da área facial tratada. Por norma, recomendo uma manutenção anual. É muito interessante notar que para a maioria dos pacientes que fazem a sua manutenção anual, o número de ampolas necessárias é significativamente menor do que aquelas que foram gastas no início do tratamento

Qual o valor do procedimento?

O valor vai depender do plano de tratamento. De um modo geral o orçamento será maior para um tratamento com um maior número de regiões da face a tratar e para um maior número de ampolas de ácido hialurónico. Se quiser saber mais, por favor entre em contacto com a clínica.

Na consulta de avaliação é realizado um plano de tratamento individualizado e entregue o orçamento detalhado.

Quando se faz um MD Codes completo, ou seja, a primeira vez, o número total de ampolas necessárias é maior. Para os pacientes que não querem fazer as ampolas todas de uma só vez é possível repartir o procedimento, por exemplo, em 3 sessões, usando 3 ou 4 ampolas em cada uma.

Mas aquando da manutenção anual, o volume de ampolas usadas é significativamente menor. Exemplo prático: se no seu primeiro MD Codes usou 6 ampolas, talvez na manutenção usará 2/3 ampolas.

Além da rápida recuperação e fácil aplicação, a sua mais valia é, sem dúvida, o fato de alcançar resultados superiores, ao mesmo tempo que preserva as características pessoais de cada paciente, mantendo a sua identidade. 

Até breve!

Partilhar