Invisalign: a sua jornada de tratamento em 6 etapas

Está a ponderar fazer um tratamento com Invisalign, mas ainda não sabe como vai ser a sua jornada de tratamento? Então, este artigo é para si!

Segue o passo a passo de um tratamento completo Invisalign em apenas 6 etapas!

1 – Consulta de avaliação

Nesta consulta fazemos uma avaliação da saúde oral do paciente. Se não se verificar nenhuma contra indicação ao tratamento Invisalign, passamos à fase de diagnóstico e planeamento. Para o efeito, fazemos moldes ou realizamos um scaneamento digital para obter um modelo 3D dos dentes e gengiva. Também realizamos radiografias e tiramos fotografias intra-orais, bem como da face. Com base nesta informação, o Médico Dentista irá desenhar o seu plano de tratamento com alinhadores Invisalign.

2 – Consulta para apresentação do ClinCheck

Nesta consulta mostramos-lhe uma pré-visualização do tratamento, através de um vídeo que simula os movimentos dos dentes até à sua correta posição final. A esta apresentação chamamos Clincheck. Nesta simulação também é indicado o tempo previsível para a conclusão do tratamento. Quando o paciente fica satisfeito com o seu ClinCheck avançamos com a preparação dos alinhadores.

3 – Início do tratamento

É nesta consulta que fazemos a entrega dos primeiros alinhadores. Alguns tratamentos complementares podem ser essenciais ao sucesso do tratamento e são usualmente realizados, também, nesta consulta.

IPR – significa desgastes dentários inter proximais. São pequenos desgates muito conservadores e que permitem ganhar espaço para os movimentos dentários.

Attachments – pequeninas massas de restauração à cor do próprio dente, que por vezes têm de ser aderidas à superfície dentária para otimizar os movimentos.

4 – Consulta de acompanhamento

Estas consultas são mais espaçadas, ou seja, não tão frequentes em comparação com a ortodontia convencional. Aqui é feito o controlo da evolução do tratamento e vão sendo entregues outros pares de alinhadores para o paciente ir trocando em casa, de acordo com as indicações do Dentista.

5 – Conclusão do tratamento com os alinhadores pré-programados

Neste momento, todos os alinhadores inicialmente previstos foram feitos e duas coisas podem acontecer: 100% de sucesso ou, se o Dentista concluir que há margem para melhorar, são pedidos alinhadores adicionais para refinamento.

6 – Colocação de contenções

As contenções servem para estabilizar a posição dentária final obtida com o tratamento. Existem diferentes tipos de contenções, que podem ser fixas ou removíveis. Uma das vossas opções na minha clínica é Vivera, uma das contenções originais made by Invisalign. Trata-se de uma peça semelhante ao alinhador embora mais resistente e que o paciente terá de usar durante alguns meses, de acordo com a prescrição do Médico Dentista. Já numa fase posterior, a contenção apenas é usada durante a noite.

Para algumas pessoas esta jornada poderá durar 6, 12, 24 meses. Tudo dependerá da complexidade e amplitude dos movimentos dentários.

Como nota final, sugiro a leitura de dois artigos anteriormente publicados no blog, que poderão ser bastante úteis na recolha de informação adicional:

Invisalign, ortodontia invisível

Invisalign: 7 vantagens

Até breve!

Partilhar