Guia de cuidados pós-procedimento estético com injetáveis: o que fazer para evitar complicações e otimizar a recuperação

Depois de uma intervenção estética existem cuidados pós-procedimento que devem ser respeitados. Isto é particularmente importante nos tratamentos que envolvem injetáveis. Idealmente, deve ter conhecimento destas orientações antes do procedimento para que possa adaptar as suas rotinas. Por exemplo, a utilização de maquilhagem poderá ter algumas restrições, uma ida ao ginásio e a celebração de eventos especiais merecem ser consideradas quando agendar o seu tratamento.

Não existe um consenso científico absoluto e universal nestas matérias, mas os profissionais de saúde da Harmonização Facial concordam na maioria das recomendações que, atualmente, prestamos aos nossos pacientes. Em todo o caso, recomendo que siga sempre as instruções do profissional com o qual realizou o tratamento.

Porque é que é importante cumprir com os cuidados pós-procedimento?

O cumprimento dos cuidados vai potenciar uma menor e mais rápida recuperação, é fundamental na prevenção de algumas complicações e vai favorecer um bom resultado. É verdade, o paciente é parte ativa e fundamental do sucesso do tratamento 😉

De seguida, deixo um breve guia de cuidados pós-procedimento inspirado na minha prática clínica e que lhe poderá ser útil no planeamento de algum procedimento. No entanto, recordo que deve sempre consultar o seu profissional.

Guia de cuidados pós-procedimentos

Cuidados com a pele

  • Se usar máscara após o procedimento, use uma máscara limpa e troque-a ao longo do dia.
  • Procure minimizar o número de vezes que toca na cara.
  • Provavelmente iremos recomendar que não aplique maquilhagem nas 4 horas seguintes ao procedimento. Em alguns casos esta recomendação pode prolongar-se por mais tempo.
  • Quando indicado pelo injetor, a aplicação de cremes tópicos contendo ingredientes que favorecem a recuperação de hematomas e que acalmam a pele vão ser seus amigos.
  • Pode também estar indicado a aplicação de protetor solar.
  • A sua rotina cosmética pós-procedimento deve respeitar esta fase. Nos primeiros dias evite usar cremes com retinóis e ácidos. Não faça exfoliação e higienize a pele com produtos suaves.
  • Pode optar por dormir com duas almofadas para a cabeça ficar mais alta e, de preferência, de barriga para cima. Desta forma, ajuda a prevenir a formação de edema (inchaço) e reduz a pressão exercida sobre as zonas tratadas.

Rotinas ajustadas

  • Durante as primeiras 24 horas pós-procedimento evite o exercício físico intenso, a exposição solar e os ambientes extremos, como por exemplo a sauna e o banho turco.
  • Durante uma a duas semana pós-procedimento evite, nas zonas intervencionadas, procedimentos como a epilação, massagens, limpeza de pele, entre outros.
  • Edema e alguma equimose (nódoa negra) podem ocorrer. O ideal é nos eventos sociais de maior exposição visual em que queira estar na sua melhor versão, tenha um intervalo de pelo menos 10 dias. Se o evento for particularmente importante, como o é por exemplo para noivos, recomendo um intervalo de pelo menos 1 mês para todos os procedimentos com injetáveis, para que possam recuperar com tranquilidade.

Acompanhamento pós-tratamento

  • Certifique-se que a clínica disponibiliza um contacto de urgências.

Alerta: equimoses, edema moderado e dorido ligeiro são sintomas perfeitamente normais e devem melhorar a cada dia que passa. Mas, se algum destes sintomas se agravar ou surgirem sintomas invulgares, como por exemplo uma dor intensa ou que está a piorar, coloração estranha na pele, perda de sensibilidade ou outro sinal de alerta, deve entrar imediatamente em contacto com o profissional para observação. Algumas complicações graves podem estar na origem destes sintomas e devem ser imediatamente tratadas para evitar e minimizar sequelas.

  • Idealmente terá uma consulta de acompanhamento entre 2 a 4 semana pós-tratamento. Esta consulta permitirá avaliar objetivamente o resultado do tratamento.

Muito importante: este artigo não substitui de forma alguma as orientações específicas do seu profissional. Estas são recomendações genéricas para injetáveis. Mas elas serão diferentes caso se trate de um tratamento com toxina botulínica ou preenchimento e até mesmo de acordo com a área da face que foi intervencionada. É impossível fazer um guia que sirva de igual forma para todos os procedimentos e pacientes. E se já for minha/meu paciente ajustaremos sempre estas indicações em consulta, de acordo com as necessidades individuais.

Espero que este artigo seja útil!

Até breve!

Partilhar