7 dicas para garantir que o seu Botox dura mais tempo!

Será que conseguimos optimizar a duração do “Botox”? Embora não consigamos prolongar o efeito para além da sua duração natural, alguns cuidados e escolhas adequadas são determinantes para que tiremos o máximo de partido do nosso tratamento.

Sobre os timings do efeito Botox, e para quem ainda não experimentou ficam aqui os tempos de referência:

Geralmente o efeito começa a ser percebido a partir do segundo ou terceiro dia pós tratamento, e vai-se instalando progressivamente ao longo dos dias seguintes. O efeito é máximo 10 a 14 dias pós tratamento.

No tratamento com botox os efeitos não aparecem e desaparecem instantaneamente.

Pensem antes numa curva com um platô e uma curva suave descente.

Uma vez atingido o efeito máximo, ele mantém-se estável por cerca de 2 meses (aproximadamente), começando depois a desaparecer lentamente. Assim, os benefícios do tratamento com botox são usualmente sentidos até por volta dos 4 a 6 meses pós tratamento.

E para esta duração contribuem vários factores, a incluir as especificidades individuais de cada paciente. Cada pessoa responde de forma diferente à toxina botulínica, da mesma forma que cada um de nós vai responder de forma diferente a um mesmo medicamento, como por exemplo com a toma de um paracetamol, para uma dor de cabeça.

No entanto, a forma como o procedimento é realizado e alguns cuidados que podemos colocar individualmente em practica, optimizará a eficácia e a duração do tratamento com toxina botulínica.

1. Para realizar o tratamento com Botox escolha um Médico Dentista ou um Médico, com experiência e formação nesta área de atuação. A Toxina Botulínica é um medicamento e deve ser manuseado por profissionais de saúde habilitados.

2. A duração é dose dependente. Ou seja, a administração de doses menores ou de soluções mais diluídas reduz a eficácia, e da mesma forma, a duração. Fique atento aos “low costs” e promoções. Também os tratamentos mais conservadores como o famoso “Baby Botox” tendem a apresentar menos durabilidade.

3. Nas 24 horas pós tratamento evite exercício físico intensivo, exposição a fontes de calor, como banho turco, saunas e sol.

4. A suplementação com Zinco, em casos de deficiência neste oligoelemento, também está associada a uma otimização do tratamento com Botox. Se suspeitar que pode sofrer de deficiência em Zinco, pode começar a toma deste suplemento, ou de um multivitamínico que o contenha, uma a duas semanas antes do seu tratamento e prolongar por mais quinze dias após. Recomendo que discuta previamente esta opção com o seu injector, ou mesmo com o seu farmacêutico.

5. Skincare. Uma rotina cosmética potenciadora da qualidade da pele, que priveligie a hidratação e elasticidade são fundamentais. Ingredientes como o ácido hialurónico, retinol e filtros solares são chave.

6. Tratamentos complementares em consultório que melhorem a qualidade da pele como skinboosters, microagulhamento e peeling otimizam e prolongam os resultados do tratamento com toxina botulínica.

7. Hábitos como a prática de exercício físico de alta intensidade também parecem ter um efeito redutor. A exposição em solários também reduz a eficácia do Botox, não negligenciando aqui os outros riscos como o do cancro da pele e mesmo o envelhecimento precoce cutâneo.

Espero que este artigo vos seja útil para ter experiências cada vez mais gratificantes com toxina botulínica.

Até breve!

Esclarecimento: a designação “Botox” amplamente usada neste artigo refere-se ao nome popular dado este tratamento. Botox é marca registada de um medicamento contendo toxina Botulínica tipo A.

Partilhar