6 Factos sobre a Doença do Legionário

Em Portugal o final de semana passado foi marcado pelo aumento drástico do numero de doentes infectados por Legionella e as autoridades confirmam que se trata, provavelmente do maior surto de sempre.

Pior! A origem da contaminação continua por identificar o que leva a dúvida e receios por parte das populações.

É com sentimento de desilusão que confirmamos que laboratórios e epidemiologistas, com análises à velocidade CSI Miami ou NY só nos EUA e, provavelmente, só na TV…

De facto, estes estudos e análises demoram o seu tempo e provavelmente no nosso País ainda mais!…

Mas justiça seja feita à realidade: o que num episódio FOX ou AXN alegremente demora 5 minutos a analisar pode demorar semanas na vida real porque a ciência, simplesmente, ainda não funciona assim.

Minhas considerações à parte, e porque os encontros de família e de amigos do fim-de-semana foram prolíficos no debate da questão, ficam aqui alguns factos sobre a temida Legionella:

1. O que é a Legionella?

É uma bactéria que é encontrada no ambiente e que gosta de ambientes de água quentes. O seu nome resultou da sua identificação num primeiro surto conhecido que ocorreu em 1976, numa convenção de antigos Legionários num hotel de Filadélfia.

2. Que doenças causa a Legionella?

A bactéria Legionella, e mais especificamente a L. pneumophila, está na origem de duas doenças infeciosas: Doença do Legionário e Febre de Pontiac, ambas designadas por Legionelose.A doença do legionário é a manifestação mais grave da doença, que inclui um quadro de pneumonia.

A Febre de Pontiac é a manifestação mais ligeira da infecção com sintomas menos exuberantes.

3. Se eu contactar com pessoas infetadas vou ficar doente?

A infeção não se transmite de pessoa para pessoa. A infeção transmite-se pela inalação de gotículas/aerossóis contaminados pela bactéria.

4. Quais são aos locais de transmissão mais comuns?

Locais onde se formam aerossóis e sprays de água e, com maior risco, onde essa água está aquecida. Assim, locais de maior risco serão: jacuzzis e zonas de banho com vapor quente; torres de refrigeração; condutas de água e fontes públicas.

5. Como é que se manifesta a infeção por Legionella?

Na Doença do Legionário os sintomas iniciam entre 2 a 14 dias após a exposição à bactéria com tosse, falta de ar, febre alta, dores musculares e dores de cabeça. A complicação mais grave e frequente é a Pneumonia.

A Febre de Pontiac também é uma forma de doença por infeção com Legionella, mas com sintomas mais ligeiros por comparação com a Doença dos Legionários. Normalmente os sintomas duram entre 2 a 5 dias ocorrendo então a cura.

6. A Doença do Legionário tem cura?

A doença tem cura através do tratamento dos sintomas e da administração de antibióticos para a infeção. O prognóstico é tanto mais favorável, quanto mais cedo for iniciado o tratamento.

Infografia com resuminho:

Até breve!


Partilhar